Polícia erra endereço de ordem judicial e aponta arma no rosto de mulher

Caso aconteceu em Aparecida de Goiânia (GO), no começo da manhã desta quinta-feira (11/4)

Polícia erra endereço de ordem judicial e aponta arma no rosto de mulher

Agentes da Polícia Civil de Goi√°s (PC-GO) erraram de endereço enquanto tentavam cumprir mandados de prisão e assustaram uma família, em Aparecida de Goiânia, na manhã desta quinta-feira (11/4).

O vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que a policial aponta a arma para uma moradora, que contesta a presença dos agentes na resid√™ncia.

Nas imagens, é possível ouvir a mulher reclamando da ação dos policiais. Ela alega que os filhos pequenos foram acordados pelos agentes. A discussão acalorada é amenizada após eles descobrirem que seria outra pessoa alvo do mandado de busca e apreensão.

Os policiais são da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) e tentavam cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra suspeitos de tr√°fico de drogas e associação para o tr√°fico.

Confira o momento da discussão: