PI 131 - CAMARA - DOURADOS DIGITAL.gif

Brasileiro acusado de tentativa de homicídio de senador paraguaio é preso

O mandado de prisão foi cumprido com base em informações fornecidas pela Ficco/DF

Por Luiz Guilherme e Sidnei Bronka em 03/04/2024 às 12:09:59

Elton Ramos da Silva estava foragido da justiça paraguaia; Foto: Divulgação

O brasileiro Elton Ramos da Silva, vulgo "Índio", foi preso nessa terça-feira (2/4), pela PM (Polícia Militar), em Diadema, região metropolitana de São Paulo, foragido da justiça paraguaia desde 2011, quando conseguiu fugir de um presídio daquele país. Além de ser acusado da tentativa de homicídio contra o senador Robert Acevedo [Paraguai], o homem é investigado por crimes em território brasileiro e possuía mandado de prisão em aberto.

"Índio" é apontado como membro de uma facção, com a função de recrutar novos integrantes.

A polícia paraguaia informou que em 2010, Elton participou da tentativa de assassinato do senador paraguaio Robert Acevedo, que faleceu posteriormente por complicações da Covid-19. O ataque ocorreu em Pedro Juan Caballero e resultou na morte do motorista e do segurança do parlamentar, enquanto Acevedo foi atingido de raspão.

Após ser preso na época do crime, o brasileiro foi resgatado da prisão no ano seguinte por homens armados e permanecia foragido desde então. Ele acabou preso ontem depois de denúncias que levaram os policiais militares a cercarem a residĂȘncia onde o suspeito se encontrava em Diadema. "Índio" não ofereceu resistĂȘncia durante a prisão.

O mandado de prisão foi cumprido com base em informações fornecidas pela Ficco/DF (Força Integrada de Combate ao Crime Organizado do Distrito Federal).

Ficha criminal

Elton Ramos da Silva possui antecedentes criminais por homicídio e trĂĄfico de drogas e jĂĄ havia sido alvo da operação Tabuleiro realizada pela Delegacia de Repressão ao Crime Organizado da Polícia Civil do Distrito Federal em 2014. Em 2020, ele foi novamente investigado e responde a uma ação penal no Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios (TJDFT). O mandado de prisão cumprido nesta terça-feira é resultado dessa última investigação.

Fonte: Ligado na NotĂ­cia

Comunicar erro
MEICINA UCP 2

ComentĂĄrios