Nota de repúdio à PRF base de Rio Brilhante

PRF base de Rio Brilhante cerceou o trabalho dos jornalistas

Nota de repúdio à PRF base de Rio Brilhante

Clube de Imprensa de Dourados repudia a atitude de um agente da Equipe da PRF (Policia Rodoviária Federal) base de Rio Brilhante, que cerceou o trabalho dos jornalistas de Dourados e Rio Brilhante, na manhã deste domingo, 7 de julho de 2024.

Os profissionais da imprensa se dirigiram até um local de acidente, na BR-163, entre as cidades de Douradina e Rio Brilhante, e passaram a registrar imagens do lado de fora do limite estabelecido pela polícia, com faixa zebrada, quando foram impedidos, de forma truculenta pelo agente da PRF, a permanecerem no local.

Os jornalistas deixaram de registrar imagens e só puderam desenvolver a atividade jornalística quando chegou ao local equipes da Perícia Técnica e da Polícia Civil de Dourados.

O Clube de Imprensa de Dourados repudia tais atitudes antidemocráticas que não fazem parte das atividades de praxe da PRF e espera que a instituição identifique e oriente o policial a não repetir o mesmo comportamento em outros atendimentos da PRF/MS, base de Rio Brilhante, subordinada a delegacia da PRF de Nova Alvorada do Sul.

Por fim, o Clube de Imprensa de Dourados reafirma o compromisso de seguir firme na defesa dos jornalistas que forem vítimas de qualquer tipo de violência, seja ela física ou moral, bem como na defesa do direito de informar, da liberdade de expressão e do trabalho jornalístico em favor de toda sociedade.

Clube de Imprensa de Dourados