PI 131 - CAMARA - DOURADOS DIGITAL.gif

Até com interceptação de drone, policiais penais impedem arremessos de ilícitos em presídios de Dourados e Três Lagoas

A primeira ocorrência se deu por volta das 17h50, quando o interno foi flagrado durante revista com um raio-x

Por Redação em 20/02/2024 às 17:42:11

Na manhã desta terça-feira (20.2), por volta das 9h, policiais penais conseguiram interceptar vários celulares arremessados pro drone na Penitenciária Estadual de Dourados. Os servidores avistaram o equipamento sobrevoando o perímetro do presídio e agiram rapidamente para evitar que os internos pudessem ter acesso a ilícitos.

De acordo com informações da direção da penitenciária, a equipe de policiais penais interrompeu o banho de sol dos apenados, e, após uma vistoria mais minuciosa, foi localizado um malote no fundo do Raio II. Ao todo, foram interceptados 11 aparelhos celulares, dois cabos USB e um carregador.

Drone interceptado na Penitenciária de Três Lagoas.

Mais cedo, por volta das 2h40 da madrugada, na Penitenciária de Segurança Média de Três Lagoas, ao realizar ronda na muralha, o policial penal identificou o barulho de drone próximo à torre III. Ao se aproximar, constatou que o equipamento estava enroscado em uma árvore. A equipe de plantão então apreendeu o aparelho e identificou que estava transportando 769 gramas de substância análoga à cocaína.

Regime Semiaberto

Também na cidade de Três Lagoas, os policiais penais obtiveram êxito em identificar quando dois internos tentaram entrar na Colônia Penal Industrial, unidade de regime semiaberto, com entorpecentes presos ao corpo, com flagrantes registrados nessa segunda-feira (19.2).

A primeira ocorrência se deu por volta das 17h50, quando o interno foi flagrado durante revista com um raio-x corporal. O policial penal percebeu, na análise das imagens, que o custodiado, que retornava do trabalho externo, possuía alguns objetos não identificados junto ao corpo.

Ao realizar a revista corporal, foram encontrados quatro tabletes e uma trouxinha de substância aparentando ser maconha, pesando aproximadamente 241 gramas. O detento também estava em posse de 21 gramas de cocaína. Os entorpecentes estavam escondidos junto ao tornozelo e na botina.

Da mesma forma, por volta da 18h20, outro reeducando foi flagrado no aparelho raio-x com uma porção de 21 gramas de cocaína, escondida em seu bolso.

Os internos foram alojados em cela disciplinar e realizado o registro da ocorrência, bem como comunicação à Justiça para as sanções cabíveis.

Fonte: Assessoria

Comunicar erro
MEICINA UCP 2

Comentários